Médicos sem Fronteiras!

Médicos sem Fronteiras!
Médicos sem Fronteiras! Doe 30 reais por mês...

Canal do Gaaia no youtube!

Loading...

domingo, 26 de janeiro de 2014

Porque Parque Ecológico do Botucaraí.

    Porque Parque Ecológico do Botucaraí.

Não é de hoje que se ouve falar de problemas ambientais. Eles vêm acontecendo com o passar dos tempos e o que vemos hoje é reflexo de má administração do passado; mas será que somos de alguma forma inocentes de tudo que estamos presenciando?
A resposta é: não! Todos somos responsáveis por tudo que acontece em nosso meio, aliás, temos até carga maior de culpa, pois com a tecnologia e conhecimentos que já se desenvolveram, teríamos que ser supostamente conscientes de que no futuro as coisas irão piorar e muito.



Mas é tão fácil falar, fazer campanhas e sair por ai distribuindo panfletos e anunciando aos quatro cantos da terra o que podemos ou não fazer para evitar problemas maiores; mas e na prática? Como funciona?

" Em Março de 2007 o Ministério do Meio Ambiente (Secretaria de Biodiversidade e Florestas) citou o Morro Botucaraí como Área Prioritária para Conservação,e uso Sustentável e Repartição dos Benefícios da Biodiversidade Brasileira Atlântica
Código: Ma005 Nome: Botucarai
Importância Muito Alta Prioridade: Extremamente Alta
Características: Floresta estacional decidual, com ocorrência de Araucaria angustifolia e Euterpe edulis; presença de espécies de aves e mamíferos ameaçados de extinção no Rio Grande do Sul.
Oportunidades: Ecoturismo. Educação ambiental.
Ameaças:
Presença de espécies exóticas. Caça predatória. Uso de agrotóxicos. Captura de fauna e flora silvestre para tráfico. Desmatamento sem licenciamento. Expansão de área agrícola. Extração de madeira. Isolamento e fragmentação de áreas naturais. “Turismo predatório.”"       Fonte: Ministério do Meio Ambiente



A população não tem a capacidade de parar e refletir seus atos, imaginar que lá na frente alguém padecerá por falta de água, pelos danos do aquecimento global e que nós, pessoas comuns temos o destino de muitos em nossas mãos.

Consertar os erros que vêm sendo cometidos de geração em geração é impossível, mas se nos esforçarmos poderemos amenizar grandes transtornos.

A humanidade não está leiga do que nos aguarda no porvir, todos sabem o que devem ou não fazer para preservar o que ainda temos, mas a falta de bom senso impede boas ações, prejudicando o mundo como um todo.

Minha proposta de intervenção é a de que além de darem palestras e fazerem anúncios do que está acontecendo, passarem a falar mais sobre o que irá acontecer, pois as noticias de hoje as pessoas já estão vendo e presenciando e acabam se acostumando com toda essa decadência ambiental, tendo como conseqüência nenhum tipo de espanto com os fatos ocorridos.

Veja, em uma citação de 1826, carta escrita pelo pesquisador Alemão Friedrich Sellow e enviada para o Barão Altenstein, ministro do Estado da Prússia, mencionando sua visita ao topo do Botucaraí: _”Aqui igualmente ouvem-se os urros do guariba e foge o tapir diante do caçador, a safar-se nos caldeirões dos córregos; e nos mais altos topos das arvores vibra a bigorna da araponga.”



Veja o quanto era rica a fauna naquela época, o guariba ou bugio não urra mais por aqui, a anta ou tapir e a Araponga estão praticamente extinta no RS; isso está acontecendo ainda, são espécies na lista de provavelmente extintas no RS e na lista de perigo de extinção que ainda sobrevivem no entorno do Botucarai; esperando uma maior fiscalização ou uma proteção definitiva como o Parque ecológico do Botucaraí.

Também a flora do Botucaraí tem história na literatura, onde Friedrich foi o primeiro botânico a estudar a flora rio-grandense, onde uma série de plantas da flora brasileira tem a designação in cacume Montis Botucarahy. Fonte:  Pesquisadora,Marli Marlene Hintz.

A humanidade precisa acordar, agir ... tudo só depende de cada um de nós que podemos fazer a diferença hoje.
Preservação ambiental é a prática de preservar o meio ambiente. Essa preservação é feita para beneficiar o homem, a natureza ou ambos. A pressão por recursos naturais muitas vezes faz com que a sociedade degrade o ambiente a sua volta, por isso é essencial as medidas de criação de estação ecológicas, parques ou UCs para que a preservação do meio ambiente seja plena.

A preservação ambiental é uma preocupação crescente por parte das pessoas, organizações e governo.  Desde os anos 60, a atividade de organizações de proteção do meio ambiente vem atuando em favor da preservação ambiental, para tentar garantir que tenhamos um planeta ambientalmente mais sustentável. Mas a preservação ambiental  no Morro Botucaraí já está esquecida a muito tempo, você viu no link acima desde 2007 no âmbito federal, no âmbito estadual a fundação de zoobotânica já pesquisou por diversas vezes mais pouco foi feito pelo Morro Botucaraí até mesmo a fiscalização nunca foi até o Botucaraí, falo isso porque estou sempre por lá,nunca vi!

Marcelo Coimbra da Silva/Gaaia Candelária RS.